"Margem" no Theatro Circo


“MARGEM”, de Victor Hugo Pontes

Inspirado no romance “Capitães da Areia” de Jorge Amado, “Margem” é o novo espetáculo de Victor Hugo Pontes que o Theatro Circo apresenta no dia 19 de abril, 21h30.

80 anos após a publicação do livro, Vitor Hugo Pontes construiu um espetáculo de dança e teatro protagonizado por um jovem elenco para questionar quem são as pessoas que a sociedade coloca à margem e quando é que essa marginalização começa.

«Na casa de partida da vida, temos todos as mesmas hipóteses ou alguns partem para a luta já em défice? Há formas de quebrar isso? Quais? A sério? De certeza? Será realmente admirável o mundo novo que conseguimos construir com todos os nossos ideais de igualdade para todos?», pode ler-se na apresentação de “Margem”.

Aceitando o desafio de Madalena Wallenstein, diretora da Fábrica das Artes do Centro Cultural de Belém, para adaptar para palco o famoso romance de Jorge Amado sobre um grupo de crianças e adolescentes abandonados que vive nas ruas de São Salvador da Baía, o coreógrafo alicerçou este projeto num trabalho com jovens e crianças da Casa Pia, em Lisboa, e do Instituto Profissional do Terço, no Porto.

Das entrevistas e workshops realizados nestas instituições resultou o texto de Joana Craveiro e resultou também toda uma reflexão sobre a ideia de marginalização que Vitor Hugo Pontes resgatou ao romance base e transpôs para outro tempo e outro espaço, convidando a refletir sobre os “Capitães da Areia” da atualidade.

“Margem” estreou em janeiro passado no Centro Cultural de Belém e inicia em Braga um conjunto de apresentações pelas salas de todo o país.

Ingressos, a 10 euros (Cartão Quadrilátero: 5 euros) brevemente disponíveis em www.theatrocirco.bol.pt, na bilheteira do Theatro Circo, lojas Fnac e estações CTT aderentes.
foto Bruno Simão

Comments

Popular Posts