"A Humanidade é Feia" em Cabo Verde e Cascais


Na 18ª edição do Mindelact – Mindelo, São Vicente – Cabo Verde
No Teatro Mirita Casimiro - Cascais

«A Humanidade é Feia»

A VIDA SÓ TEM UM SENTIDO: QUERER MUITO VIVER.
E SER FELIZ.
POR VEZES, BASTA NÃO QUERER.
A VIDA TEM VIDA PRÓPRIA.

“Nota-se logo pelo bom aspecto que tem. Todo relaxado. Vou-lhe dizer um segredo: Sempre que parece que acabam de sair da sauna é porque estão mortos….” A Kind of Black Box volta a apostar num texto polémico. Mais uma vez o colectivo explora o universo do absurdo, o lado negro do seu humor, a sua aguçada crítica social e a riqueza inexplicável que nos faz seres capazes de criar. Somos humanos… Pela primeira vez a Kind of Black Box é convidada a participar no Mindelact (Festival internacional de teatro de Cabo Verde) onde estarão representados 3 continentes com 40 companhias iferentes. Com o apoio da DGARTES e do Governo de Portugal e a convite do diretor do Festival, João Branco, A Humanidade é Feia sobe ao palco do Centro Cultural do Mindelo no próximo dia 12 de Setembro, nesta que é a segunda internacionalização deste espetáculo (a primeira aconteceu em 2011 em São Paulo, Brasil, no IV FestIbero).

SINOPSE:
A única forma de nos agarrarmos à vida é vivendo-a mas, nem sempre somos livres de escolher, mas podemos sempre tentar a nossa sorte. Esta história passa-se num espaço confinado e de espera, onde as personagens estão entre a vida e a morte. Uns disputam a morte como troféu, outros querem a vida que, se não lhes está a escapar, alguém tratará disso.
Tratar de temas muito susceptíveis à sensibilidade humana através de uma boa dose de humor negro, falar sobre a vida, a morte, a saúde e a liberdade. A felicidade de um pode ser o terror do outro.
A saúde, a medicina é desde sempre, uma das áreas mais importantes para a sociedade e está cada vez mais desenvolvida a todos os níveis. Somos civilizados, cultos, modernos, desenvolvidos, livres, até podemos ser ricos mas queremos ser felizes.
Há uma leve abordagem ao tema da eutanásia, essa liberdade aterradora considerada crime pelas grandes maiorias. A crueldade humana. A infelicidade, o sofrimento que a vida provoca pode-nos levar a tomar decisões drásticas e a tomar atitudes muito grosseiras, feias. Há mentes muito retorcidas e obscuras e nunca sabemos onde estas podem estar à espreita.
Somos todos humanos e todos sentimos. Uns mais com o coração que outros…Humanos mas nem todos iguais, diferentes, tal como as experiências de vida, berços, fisionomias e maneiras de pensar.
Nem sempre temos aquilo que queremos e o melhor é tirar partido do que a vida nos dá.

12 de Setembro de 2012
Auditório do Centro Cultural do Mindelo | São Vicente | Cabo Verde
05, 06, 12 e 13 de Outubro 2012 às 21h30
Teatro Mirita Casimiro | Cascais
Informações e Reservas: +351 963 661 601 | +351 211 929 250
Preçário: €10 (bilhete normal) | €7 (estudantes, profissionais do espetáculo e >65 anos, mediante respetivo documento comprovativo)
Classificação Etária: M/16 anos
Duração: aproximadamente 60 minutos sem intervalo

TEXTO: Iñigo Ramirez Haro
TRADUÇÃO e ADAPTAÇÃO: João Craveiro e Paulo Duarte Ribeiro
ENCENAÇÃO: João Craveiro
ELENCO: Fernando Luís, João Craveiro, Paulo Duarte Ribeiro e Tobias Monteiro
PRODUÇÃO EXECUTIVA: Kind f Black Box - Rita Lima
FIGURINOS: Sandra Ferreira | DESIGN: Pedro M. Leitão
FOTOGRAFIA CARTAZ: Carlos Ramos | MUSICA ORIGINAL: Tiago Inuit
DEZENHO DE LUZ: Paulo Santos | SOM E LUZ: Paulo Santos

Comments

Popular Posts