Polónia inaugura Ano Chopin no bicentenário do nascimento do compositor






O anúncio foi feito em Zelazowa Wola, a casa onde nasceu Chopin, a 80 quilómetros a oeste de Varsóvia.
Ao longo de 2010 haverá por todo o mundo 2000 iniciativas, 1200 das quais na Polónia, tendo o comissário das comemorações sublinhado a importância da efeméride para a projecção do país. O comissário polaco para o Ano Chopin 2010, Waldemar Dabrowski - antigo ministro da Cultura - declarou que as comemorações não têm como objectivo popularizar a música de Chopin, pois "esta não precisa de ser popularizada", mas destinam-se a "apresentar ao mundo a imagem da Polónia de hoje através da música de Chopin".
Por todo o mundo estão previstas 2000 iniciativas comemorativas, incluindo concertos e recitais de música clássica, jazz, blues e rock, além de bailado, exposições, espectáculos de teatro, filmes e desenhos animados.
O primeiro concerto do bicentenário está a cargo da Filarmónica de Varsóvia, hoje mesmo.
Na próxima quinta-feira, o pianista chinês Lang Lang interpreta em Varsóvia obras do compositor nascido a 1 de Março de 1810 em Zelazowa Wola.
Os momentos altos do Ano Chopin na Polónia serão em Agosto, com o festival internacional "Chopin e a sua Europa", e em Outubro, com o XVI Concurso Internacional Frédéric Chopin.
Depois de ter vivido na Polónia até aos 20 anos, Frédéric Chopin deixou o país natal em Novembro de 1830, antes da insurreição polaca contra a Rússia, e instalou-se primeiro em Viena e depois em Paris, onde morreu aos 39 anos, a 17 de Outubro de 1849.

Comments

Popular Posts