"Peça Para Dois" n' A Barraca





"Peça Para Dois", de Tennessee Williams
Realidade e Sonho mesclados numa obra meta-teatral com uma aterrorizante mestria próxima do suspense de um thriller.
Quando Felice e Clare, dois Actores - irmão e irmã - em tournée, são abandonados pela sua Companhia de Teatro, num decadente “Teatro de província de uma província que ninguém sabe onde fica.” e são confrontados por um público que espera uma actuação, tentam a “Peça Para Dois” – uma ilusão dentro da ilusão, “de certeza a peça mais estranha do nosso reportório. Pessoal de mais, talvez… as personagens têm os nossos nomes e…”, afirma a dada altura Clare – uma peça em que dois irmãos, Felice e Clare, vítimas ou assassinos dos seus pais, lutam para conseguir sair de casa numa pequena cidade que já os condenou.
“Penso que é a minha mais bela peça desde Um Eléctrico Chamado Desejo” disse Tennessee Williams, “e nunca parei de trabalhar nela... é um cri de coeur, mas, em certo sentido, todo o trabalho criativo, toda a vida, é um cri de coeur.”
Um texto enigmático e extraordinário sobre os limites do Teatro e da Vida, da Máscara dentro da Máscara, sobre a evanescente fusão das realidades.

Ficha Artística e Técnica
Autor: Tennessee Williams
Tradução: Rita Lello
Espectáculo de Rita Lello
Assistência de Encenação: Tiago Cadete
Elenco: Rita Lello, Pedro Giestas
Execução Figurinos: Alda Cabrita
Luminotecnia: Fernando Belo, José Carlos Pontes
Sonoplastia: Rui Mamede
Montagem e Carpintaria: Luis Thomar, Mário Dias
Costureira: Inna Siryk
Produção: Marta Gato
Secretariado de Produção: Inês Aboim
Relações Públicas: Elsa Lourenço
Bilheteira: Inês Marques
Fotografia: Luis Rocha – MEF
Cartaz: Elsa Lourenço
Secretariado: Maria Navarro

Horário
5ª a Sábado às 20h00
Domingo às 15h00
na sala 2 do TeatroCinearte
de 31 de Janeiro a 29 de Março de 2009
Informações e Reservas: 213965360, 213965275

Comments

Popular Posts