Público desafiado a participar em ritual culinário no espectáculo "Me Gusta", no CCB






Três actores, uma bailarina e dois cozinheiros vão preparar para o público um ritual culinário no espectáculo "Me Gusta", da companhia belga Laika, para transmitir ao público "cheiros e sabores de outras culturas".

O espectáculo será apresentado numa tenda montada especialmente no espaço exterior do Centro Cultural de Belém (CCB) entre 21 e 25 de Janeiro, numa produção que se estreou na Bélgica em 2008, já passou pela França e recentemente esteve em Portimão, em Portugal.

Em declarações à Agência Lusa, o director artístico do espectáculo, Peter De Bie, sublinhou que o espectáculo procura "explorar os cinco sentidos do público e promover uma reflexão sobre os rituais com os alimentos".

Para o criador, que desde 1998 é artista culinário e tem vindo a romper as convenções do mundo do teatro para apresentar espectáculos com vertentes que vão para além da dança e o teatro, "é fundamental criar uma atmosfera e uma relação entre os artistas e o público".


"Os rituais culinários são muito importantes em todas as culturas porque não servem apenas para comer. Têm uma componente social, de partilha, de encontro muito importante", destacou.

Para criar este espectáculo, Peter De Bie fez uma pesquisa e entrevistas a pessoas de várias idades, de diferentes países, sobre rituais culinários - como o do chá japonês - e recolheu muito material sobre os aspectos sociais e culturais da preparação e partilha das refeições.

A experiência não é nova para o também autor do concerto gastronómico "Patatboem" (2002) e o "peep-show" culinário "Peep&eat" (1998), onde já desafiava o público a experimentar ingredientes dos quatro cantos do mundo.

Depois dos espectáculos, há quem venha falar com ele e admirar-se com o facto de os filhos, que também assistiram, terem saboreado legumes, e, em casa, só querem pizza, batatas fritas e hamburgueres.

"A comida e o acto de comer tem muito a ver com o contexto. Uma certa atmosfera propícia pode gerar abertura a experimentar e saborear outros alimentos", observou.

Peter De Bie explicou ainda que, em vez de apresentar o espectáculo num palco convencional, prefere erguer uma tenda com capacidade para uma centena de pessoas, que ficam sentadas como numa arena romana.

"Agrada-me que esta estrutura onde se desenrola o espectáculo tenha uma forma de ovo", disse ainda o criador, lembrando que o ovo é alimento comum a todas as culturas, pelo que deverá ser o mais universal.

"Me Gusta" conta ainda com Lieve De Pourcq, Caroline Fransens, Manuela Lauwers, Simone Milsdochter, Alain Rinckhout, Jo Roets, Pieter Smet, Bram Smeyers, Michiel Soete, Rik Van Gysegem, Anton Van Haver e Peter Vermeersch.
Lusa/Fim


Encenação e cenografia de Peter De Bie
Com Lieve De Pourcq Simone Milsdochter Alain Rinckhout Bram Smeyers Michiel Soete
Música de Peter Vermeersch
Luzes Anton Van Haver
Figurinos Manuela Lauwers Consultor Jo Roets
Dramaturgia Caroline Fransens
Movimento Anabel Schellekens
Construção Kopspel Vzw Stef Delfosse, Guy Swaegers
Técnica e construção de cenários Pieter Smet Rik Van Gysegem
Anton Van Haver Jille Wa Egebaert

Uma produção
Laika

Com Co-Produção
Le Volcan Scène Nationale Du Havre (F) Cultuurcentrum Genk (B) Linz 2009 European Capital Of Culture Schäxpir Festival / Land Oberösterreich (Au)

Comments

Popular Posts