PEQUENOS CRIMES CONJUGAIS no D. MARIA II


JAN 30 – ABR 01
3ª a SÁB. às 21h30 DOM. às 16h30

PEQUENOS CRIMES CONJUGAIS

NO SALÃO NOBRE DO TEATRO NACIONAL D. MARIA II

DE ERIC-EMMANUEL SCHMITT
Tradução LUIZ FRANCISCO REBELLO
PRODUÇÃO TEATRO NACIONAL D. MARIA II

Paulo Pires e Margarida Marinho num espectáculo de José Fonseca e Costa

O Teatro Nacional D. Maria II estreia, no dia 30 de Janeiro, a primeira encenação do realizador José Fonseca e Costa. A partir de uma peça do conceituado autor francês Eric-Emmanuel Schmitt, traduzida por Luiz Francisco Rebello, Paulo Pires e Margarida Marinho interpretam um casal que enfrenta uma situação insólita. Na sequência de um misterioso acidente doméstico, Jaime fica amnésico. Ao fim de quinze dias no hospital, regressa a casa, para junto da mulher, Luísa, que vai procurar reconstruir, a pouco e pouco, toda a sua história em comum. Pelo seu diálogo passam todos os grandes temas da vida em conjunto: a fidelidade, o desejo, o envelhecimento, a paixão e, finalmente, o amor. Numa sucessão de revelações, a verdade esconde-se nas entrelinhas e terá de ser decifrada.

A peça, que tem conhecido montagens um pouco por todo o mundo, estreou originalmente em Paris, numa interpretação de Charlotte Rampling.

encenação JOSÉ FONSECA E COSTA
cenografia JOSÉ MANUEL CASTANHEIRA
figurinos MANUEL ALVES JOSÉ MANUEL GONÇALVES
desenho de luz DANIEL WORM D’ASSUMPÇÃO
assistente de encenação FRANÇOISE FILIPE

com
MARGARIDA MARINHO PAULO PIRES

Comments

Popular Posts