Saturday, November 19, 2011

Escola da Noite estreia "Animais Nocturnos"


A Escola da Noite estreia no próximo mês de Dezembro a terceira e última produção do ciclo dedicado à dramaturgia espanhola contemporânea. “Animais Nocturnos”, de Juan Mayorga, parte da situação de fragilidade em que se encontram os imigrantes ilegais nas sociedades ocidentais.

Dois vizinhos do mesmo prédio cruzam-se durante meses na escada sem trocar mais do que saudações mecânicas. Um dia, um deles toma a iniciativa e força o diálogo. Iniciam então uma estranha relação, que acaba por alterar radicalmente as suas vidas e as das suas famílias.

“Se eu tenho conhecimento de que alguém está ilegal, sem papéis, imediatamente fico numa posição de superioridade em relação a essa pessoa”, lembrou Juan Mayorga em Coimbra no passado dia 9 de Novembro, quando participava na VI Jornada de Dramaturgia Espanhola Contemporânea, organizada pel'A Escola da Noite. Foi a partir dessa constatação que escreveu “Animais Nocturnos”, em 2004. A peça trata da forma como essa assimetria na relação entre cidadãos pode ou não ser aproveitada (e de como é ou não possível resistir-lhe).

Escrito num país que assiste regularmente à morte de imigrantes ilegais nas praias do mediterrâneo e a pretexto de uma lei específica do estado espanhol, o texto adquire rapidamente uma leitura universal. Com diferentes cambiantes e através de diferentes mecanismos, a divisão de uma sociedade entre membros legítimos e não legítimos, entre cidadãos de primeira e de segunda ou terceira categoria estrutura as nossas vidas e os nossos comportamentos. De uma forma mais profunda e mais próxima de nós do que, como nos mostra Mayorga, gostaríamos de supor.

“Animais Nocturnos” encerra o ciclo de três espectáculos dedicados à dramaturgia espanhola contemporânea, iniciado em Dezembro de 2010 com “Noites de Amor Efémero”, de Paloma Pedrero, e cujo segundo momento foi “Teatro Menor”, de José Sanchis Sinisterra (Junho de 2011).

Com encenação de António Augusto Barros e tradução de António Gonçalves, o espectáculo conta com a interpretação de Maria João Robalo, Miguel Lança, Miguel Magalhães e Sofia Lobo. Para além dos espectáculos para o público em geral, a companhia está já igualmente a aceitar inscrições de escolas da região para sessões especiais durante a temporada de Janeiro de 2012.

Animais Nocturnos

texto Juan Mayorga tradução António Gonçalves encenação António Augusto Barros interpretação Maria João Robalo, Miguel Lança, Miguel Magalhães, Sofia Lobo

M/12 > 90' (aprox.)

Coimbra, Teatro da Cerca de São Bernardo

15 a 23 de Dezembro de 2011 | terça a sábado, 21h30 | domingo, 16h00

5 a 29 de Janeiro de 2012 |quinta a sexta, 21h30 | domingos, 16h00

No comments: