"Breve Sumário da História de Deus" de Gil Vicente pela mão de Nuno Carinhas no Teatro Nacional D. Maria II



“BREVE SUMÁRIO DA HISTÓRIA DE DEUS”
SALA GARRETT
08 DE JAN A 31 DE JAN 2010
4ª a Sáb. 21h30 | Dom. 16h

Na hora de eleger o seu primeiro texto enquanto Director Artístico do TNSJ, Nuno Carinhas opta por regressar a Gil Vicente, depois de em 2007 ter organizado a extroversão de Beiras. A escolha incide sobre um auto de forte pendor religioso, escassamente frequentado por leitores e encenadores: Breve Sumário da História de Deus.

Estreado na corte de D. João III “na era do Senhor de 1527”, o auto propõe um especioso mosaico de passos das Sagradas Escrituras – da Queda do Homem à Ressurreição de Cristo – e possui uma densidade retórica que, cruzando a exaltação lírica e o impulso satírico, amplia as potencialidades de representação muito para lá do mero intuito doutrinal.

Da adoração de Abel à “voz que clama no deserto” de João Baptista, passando pelas provações de Job ou pelas profecias de Isaías, Vicente promove um casting bíblico para contar (usemos, para efeitos promocionais, o título de um dos blockbusters de Hollywood) a maior história de todos os tempos. Também habitado por figuras malignas e pelas alegorias do Mundo, do Tempo e da Morte, Breve Sumário da História de Deus revela-nos, afinal, a misteriosa condição de criaturas cuja desesperada humanidade se redime na esperança de Deus.


de GIL VICENTE
encenação e cenografia NUNO CARINHAS
figurinos BERNARDO MONTEIRO
desenho de luz NUNO MEIRA
desenho de som FRANCISCO LEAL
voz e elocução JOÃO HENRIQUES
apoio dramatúrgico PEDRO SOBRADO
apoio linguístico JOÃO VELOSO
interpretação ALBERTO MAGASSELA, ALEXANDRA GABRIEL, ANTÓNIO DURÃES, DANIEL PINTO, JOANA CARVALHO, JOÃO CARDOSO, JOÃO CASTRO, JOÃO PEDRO VAZ, JORGE MOTA, JOSÉ EDUARDO SILVA, LÍGIA ROQUE, MÁRIO SANTOS, MIGUEL LOUREIRO, PAULO FREIXINHO, PAULO CALATRÉ, PEDRO ALMENDRA, PEDRO FRIAS
assistência de encenação JOÃO CASTRO

produção TNSJ
M/12







Comments

Popular Posts